O que são digital skills? Descubra o impacto das habilidades digitais

Futuro

O que são digital skills? Descubra o impacto das habilidades digitais

João Jovanaci
Escrito por João Jovanaci em setembro 21, 2020
5 min de leitura

Digital skills é um termo que está cada vez mais sendo utilizado por especialistas, estudos e entusiastas do perfil do profissional do futuro. Não à toa, afinal, um futuro não muito longe reserva um lugar de destaque para todos aqueles que se dedicaram a aprender sobre skills, incluindo as digitais.  

Aqui mesmo no blog da slash nós já explicamos o que são soft skills, já mostramos como o mercado enxerga a relação entre hard e soft skills e hoje vamos falar sobre as digital skills e como ela pode influenciar o mercado de trabalho e até mesmo a educação básica.  

Vamos lá? 

O QUE SÃO DIGITAL SKILLS? 

Digital skills são as habilidades digitais que vão desde o uso de um smartphone até a operação de sistemas complexos e softwares cada vez mais específicos para atender ao mercado de trabalho. Com o avanço tecnológico e evolução da autonomia digital das empresas, profissionais também precisam acompanhar os novos modelos de trabalho focados no ambiente digital, no que envolve sistemas, segurança, conectividade e mais.  

Cabe aqui uma observação importante sobre as digital skills, que abrange tanto os nativos digitais como os não nativos digitais.  

Nativos digitais: pessoas nascidas após 1980 que cresceram com a utilização e/ou influência de computadores, videogames, celulares e aparelhos eletrônicos.  

Não nativos digitais: gerações anteriores que precisaram se adaptar à nova realidade tecnológica e que talvez enfrentem alguma resistência quanto a inclusão digital na sua rotina.   

QUAL A IMPORTÂNCIA DAS DIGITAL SKILLS? 

A última década tem sido um período em que empresas de vários setores passaram a digitalizar suas operações e processos. Dia após dia novas tecnologias surgem e mais organizações se mostram adeptas ao emprego de inteligência artificial para otimizar fluxos de trabalho e cadeias de suprimentos, por exemplo.  

Como resultado, os candidatos a emprego de hoje precisam apresentar habilidades especializadas para ajudá-los a se destacar da multidão e para atender às demandas desses setores. 

Embora algumas faculdades, universidades e escolas tenham modificado ou expandido seus currículos para atender a essa crescente demanda por know-how digital, muitos educadores estão se empenhando para fornecer as habilidades essenciais de que os alunos precisam. 

Outro ponto importante a considerar está no estudo na Burning Glass for Capital One, apontando que 82% dos empregos de média qualificação exigem habilidades digitais.  

Ao mesmo tempo que o Fórum Econômico Mundial estimou em 2019 que 133 milhões de novas funções serão criadas até 2022, como resultado da nova divisão de trabalho entre humanos, máquinas e algoritmos. 

AS HABILIDADES DIGITAIS BÁSICAS 

Quando falamos em habilidades digitais precisamos compreender que existem diferentes níveis de domínio das competências: as básicas e avançadas.  

As habilidades digitais básicas são definidas como necessárias para “usar dispositivos digitais, aplicativos de comunicação e redes para acessar informação”, de acordo com os termos da UNESCO.  

Ou seja, é o mínimo de conhecimento necessário para que alguém possa incluir os elementos digitais na sua vida profissional ou pessoal.  

Uma estrutura de domínio apresentada pelo Deparment for Education (DfE) do Reino Unido junto com a Accenture e outras organizações descreve essas habilidades digitais básicas em seis áreas: 

digital skills

Habilidades de base digital 

Os fundamentos para poder usar tecnologias digitais, como usar um navegador, conectar-se à Internet e manter as senhas seguras. 

Habilidade de comunicação  

Enviar e-mails com segurança, usar anexos e participar nas redes sociais. 

Tratamento de informação e conteúdo 

Utilizando motores de busca, estando ciente de que nem todo o conteúdo online é confiável, acessando os conteúdos por meio de dispositivos. 

Transações 

Configurar contas para usar ou comprar bens/serviços online, usando diferentes métodos de pagamento seguros, preenchendo formulários online. 

Resolução de problemas 

Encontrar soluções para problemas usando FAQs / tutoriais / chat, apresentar soluções por meio de software e melhorar a produtividade. 

Estar online e seguro 

Entender as melhores práticas em armazenamento / compartilhamento de dados, atualizar e manter as senhas seguras e tomar precauções contra vírus. 

A MATURIDADE DIGITAL DOS BRASILEIROS 

Trazendo o assunto para mais perto da realidade do nosso país, podemos observar a competência dos brasileiros quando o assunto são habilidades digitais e como isso afeta inclusive a renda dos profissionais.  

Em março de 2019 o Google divulgou a pesquisa Digital Skills Index – Índice de Habilidades Digitais, numa parceria com a empresa de consultoria McKinsey. E desse estudo, podemos tirar alguns dados super interessantes sobre a maturidade digital dos brasileiros, olha só: 

  • O brasileiro possui vocação digital: 70% da população está conectada, 67% possui smartphone e o consumo de vídeo online cresceu 135% 
  • O Brasil tem o 3º maior watch time (tempo do usuário assistindo a vídeos) de Youtube do mundo e aparece como 4º maior população online 
  • Mesmo sendo o 4º país com maior presença online, os conhecimentos online não são considerados sofisticados 

Ainda de acordo com o Google, o “brasileiro domina hoje muito bem as habilidades mais básicas, relacionadas a acesso, mas ainda tem grandes lacunas em competências mais técnicas, como o uso das ferramentas para a produção de conteúdo e programação. A melhora nessas atividades mais sofisticadas poderia trazer efeitos positivos no aumento da produtividade, na maior participação no mercado de trabalho, na geração de renda e na redução do desemprego.” 

Com relação ao nível de empregabilidade e renda, podemos observar ainda que:  

  • pessoas com maior nível de digitalização são 5 vezes mais propensas a aplicar para um trabalho on-line 
  • pessoas com maior nível de digitalização tem 2 vezes mais chances de serem contratadas para a posição 
  • todas as competências digitais combinadas podem ter um impacto de até R$ 380 na renda mensal de um trabalhador 

Além disso, com um olhar para o futuro, a pesquisa também indica que o desenvolvimento dessas competências digitais tem o potencial de adicionar cerca de US$ 70 bilhões ao PIB até 2025. 

AS 10 DIGITAL SKILLS MAIS DESEJADAS 

Considerando o aspecto tecnológico e as novas exigências do mercado, bem como o crescente número de vagas exclusivas a funções digitais, podemos apontar algumas das digital skills mais importantes no mercado:  

  • Redes sociais 
  • Marketing de busca 
  • Web Analytics 
  • Marketing de conteúdo 
  • Programação web e desenvolvimento de aplicativos 
  • Data science and data analytics 
  • Mobile design 
  • IA (Inteligência artificial) 
  • Video (criação, edição, otimização) 
  • IOT (Internet of things) 

E aí, nesse primeiro conteúdo sobre digital skills, conseguiu compreender a importância das habilidades digitais para os profissionais do futuro? Então fique ligado que logo logo nós vamos aprofundar ainda mais o tema, falando sobre desenvolvimento pessoal, educação básica e muito mais.  

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.